top of page
Buscar
  • Foto do escritorBALLAST

Décima terceira oportunidade ou alívio de tensão?

Atualizado: 3 de ago. de 2022

O país passava por uma grande crise política em 1960, como descrevem Celso Furtado e Roberto Campos em seu artigo “As visões da crise econômica dos anos 60”. Em meio aos processos de votação do décimo terceiro salário, à renúncia do presidente Jânio Quadros ainda no sistema parlamentarista e à posse de João Goulart. Em meio às duras críticas dos patrões e a forte pressão dos sindicatos, João Goulart assinou a lei 4.090, de 13 de julho de 1962, que garante que todo trabalhador formal, com carteira assinada, receba o correspondente a 1/12 da remuneração, a mais, por cada mês trabalhado. Resultando em um salário a mais por ano.


O 13º não entrou formalmente na CLT em 1943 por pressões empresariais. Porém, com o passar dos anos, esse salário extra se tornou um grande propulsor da economia, já que as vendas de final de ano ficaram expressivamente melhores. Diante dessa e outras tantas vantagens, em 1988, essa gratificação foi assegurada pela Constituição Federal.

Não, o 13º não é um acerto de contas, e existe em diversos países como: Alemanha, Portugal, Áustria e México, claro que com algumas variações de acordo com as leis trabalhistas de cada país.


Tratando-se de anos conturbados como 2020 e 2021, nada melhor que começar o próximo ano com contas equilibradas, não é verdade?

As primeiras perguntas a fazer são: existe dívida atual na minha vida? Possuo sobra financeira no orçamento? Quais as próximas pendências financeiras para janeiro de 2022? Isso pode direcionar e administrar seu 13º. Pense nisso antes mesmo do benefício cair em sua conta!


Caso possua dívidas, é necessário entender o quanto de juros tem atrelado a elas e cogitar uma amortização completa, ou estudar uma renegociação/prolongamento de acordo. Trocar uma dívida cara por uma dívida barata é sempre mais inteligente. Desta forma você não ficará sem reserva e ainda gastará menos no fluxo.


O décimo terceiro pode ser a primeira etapa para que você consiga realizar os seus sonhos. Sejam eles de médio prazo, como viajar e casar, ou mesmo de longo prazo, como se aposentar e comprar o imóvel próprio.

Nestes casos, é necessário definir qual é o objetivo e procurar os melhores investimentos. De acordo com a relação custo-benefício e prazos de vencimento, saiba em quais produtos aplicar o seu dinheiro, visando a rentabilidade necessária para cumprir as suas metas.


Vale lembrar que o melhor aproveitamento possível para o 13º é utilizá-lo para potencializar e impulsionar o acúmulo financeiro, pois 2022 é um ano eleitoral e a incerteza fiscal tem preocupado muito os especialistas. Além disso, todo ano temos algumas contas fixas como IPTU, rematrículas escolares, IPVA, licenciamento, entre outras.


Se você tiver o hábito de trocar presentes entre familiares e amigos, não gaste mais do que 20% do valor para isso. Por exemplo, se você ganha R$3.000,00 não gaste mais que R$600,00 com isso. Isso depende, é claro, do seu momento financeiro.

Converse sempre com seu planejador financeiro para entender quais as melhores opções para você. É importante que você consiga ter uma qualidade de vida saudável, que consiga ter sua reserva segura e suas contas ou dívidas controladas.


Nunca se esqueça de pensar sempre no longo prazo e desta forma “garantir” seu estilo de vida diante de eventuais crises e imprevistos.




6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page