top of page
Buscar
  • Foto do escritorBALLAST

Por que o Banco Central intervém na economia do país?

Quantitative easing & quantitative tightening



A função de um Banco Central na economia de um país é de manter a estabilidade econômica de uma nação. Um cenário de inflação descontrolada, por exemplo, pode levar seus cidadãos a passar sérias dificuldades.


No passado, o Brasil teve muita dificuldade para manter o poder de compra de sua moeda. Essa foi uma realidade vivida mais intensamente pelos adultos da época, sobretudo os nascidos nas décadas de 60 e 70.

Depois de um longo esforço, alcançamos a estabilidade monetária por meio do equilíbrio da dimensão fiscal. Foi o plano Real quem nos trouxe isso e vivemos uma época bem diferente agora.


No entanto, frequentemente um Banco Central intervém na economia, seja pela fixação da taxa básica de juros, seja por mecanismos mais sofisticados, como o quantitative easing e o quantitative tightening.


O que é o quantitative easing?

É quando o Banco Central intervir na economia buscando injetar dinheiro e aumentar a oferta de crédito, não de forma direta mas obedecendo um fluxo financeiro.

A esse modo de operação damos o nome de quantitative easing. Ele se dá quando um Banco Central compra uma grande quantidade de títulos públicos e privados existentes no mercado.

Há uma grande curiosidade quanto à compra de papéis públicos, pois estes são emitidos pelo Governo do país em questão. Só que o comprador é o Banco Central, então a relação se dá com o governo sendo seu próprio cliente.


Mas o maior incentivo ao consumo se dá quando o referido Banco Central adquire títulos privados. Esses papéis são emitidos sobretudo pelas instituições financeiras privadas do país, os bancos.

Na prática, o governo injetando dinheiro nos bancos por meio da compra de seus papéis. A consequência disso é que o volume de recursos dos bancos aumenta e isso possibilita que mais empréstimos sejam feitos, a juros menores - ou seja, o mercado se inunda de dinheiro.


O que é o quantitative tightening?

É o movimento contrário - uma intervenção do Banco Central na economia de um país, só que de modo inverso - o governo busca reduzir a quantidade de dinheiro circulante na economia.

E isso é feito de modo inverso ao descrito no tópico anterior.

Assim, o Banco Central faz a devolução de títulos que porventura tenha em carteira.

Essa ação caracteriza o resgate da aplicação. Na prática, o Banco Central diminui o montante de capital que circula na sociedade.

Dessa forma, o Banco Central esfria um movimento de super consumo, por assim dizer, evitando que as famílias contraiam dívidas acima de sua capacidade, como foi visto na história recente do Brasil na década passada.


Ambas as operações vão interferir de forma direta no mercado financeiro, podendo causar maior ou menor oferta de capital, aumentar ou diminuir a inflação, alterar as taxas de juros.


Gostou de saber mais sobre quantitative tightening e quantitative easing?




6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page