top of page
Buscar
  • Foto do escritorBALLAST

Reserva de Emergência

O famoso fundo de emergência é aquele montante que está reservado para eventualidades e imprevistos como problemas de saúde, demissões e rendimentos menores que os esperados. Também chamado de reserva de emergência ou reserva financeira, o fundo pode ser interpretado como a quantia necessária para ajudá-lo a superar um período difícil ou não previsto.


Recomendamos conter de 6 a 12 meses das suas despesas mensais. Neste ponto é importante fazer o seu planejamento financeiro. Com ele você terá uma visão mais ampla e detalhada dos seus custos em todos os meses. Assim, você pode identificar uma média e iniciar a formação do seu fundo de emergência.


E por que você precisa de uma reserva?


Você sabia que mais da metade dos brasileiros não têm um fundo de emergência?

O dado é da Anbima, a Associação Brasileira do Mercado Financeiro e de Capitais.

A Anbima descobriu que 52% da população brasileira não têm uma quantia separada para os imprevistos. A verdade é que muitos preferem priorizar o agora e comprar o que desejam, sem se preocupar com o futuro.Não por acaso, o Brasil está entre os países com maior índice de imediatismo, calculado pelo Insper. A pesquisa ainda revelou que, de 143 nações, o Brasil ocupa a décima segunda posição.


Mesmo com pouco dinheiro é possível agir mais rápido ao invés de contrair empréstimos e partir em busca de crédito. Se você é um empreendedor ou não tem um emprego formal, o fundo de emergência é crucial para manter o equilíbrio da sua vida financeira.


Como fazer a sua reserva de emergência?

Quando falamos sobre fundo de emergência, muitas pessoas lembram da caderneta de poupança. Porém, existem alternativas que podem ser mais atrativas para seu dinheiro e que são tão seguros quanto a poupança:

  • Tesouro Selic

  • CDB com liquidez diária

  • Fundo de Renda Fixa

  • Contas remuneradas


Quando usar a reserva de emergência?

Quem segue construindo a reserva ou já possui a cama de segurança pronta, costuma ter dúvidas sobre quando usar esse dinheiro.

A reserva é para situações de emergência, como o próprio nome já diz. Temos que ficar atentos para não criarmos narrativas que nos convençam de que qualquer situação é uma emergência.


Então, para te ajudar a definir o que é ou não emergência, faça as seguintes perguntas:

  1. Se você não tivesse o dinheiro, você teria que usar o crédito para atender a situação?

  2. Precisaria pedir dinheiro emprestado para alguém?

  3. A situação impacta de alguma forma a sua geração de renda ou o acesso a itens básicos?

Se a resposta for sim, use a reserva.


O fundo de emergência é indicado para todas as pessoas e perfis. Afinal, é preciso estar preparado para qualquer imprevisto. Quando você deixa para agir apenas diante do problema, provavelmente terá que recorrer a empréstimos ou contrair dívidas.

Ao ter um fundo de emergência, a solução é totalmente diferente. Além disso, você pode resolver de forma muito mais rápida, de acordo com a situação.


Depois de formar o seu fundo de emergência, comece a investir para atingir os seus objetivos, como a aposentadoria, a compra de um imóvel ou uma viagem de férias.


Tudo é possível quando se tem disciplina e foco!




13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page